loading...

    Empréstimos

      

    ATENÇÃO:

    NOVAS NORMAS PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS

     

    Com vistas a facilitar o controle financeiro dos associados e alinhar os procedimentos de crédito com as práticas do mercado cooperativista, a CREDISCOOP passará a adotar os seguintes critérios na concessão de empréstimos, a partir de 18/02/2019:

    1 – Todos os associados passarão a ter um único contrato de empréstimo, sendo que, a cada nova liberação, seu valor será somado ao saldo devedor de operações anteriores, quando houver. Esse novo montante será parcelado, de acordo com as normas vigentes.

    Exemplo: Suponhamos um associado responsável por um ou mais contratos de empréstimos, com prestações a vencer em prazos variados, em montante atualizado de R$10.000,00. Ao contratar uma nova operação, por exemplo, de R$3.000,00, esse novo valor será adicionado aos R$10.000,00 devidos, perfazendo o total de R$13.000,00 em contrato único, com novo parcelamento. Todas as liberações seguintes obedecerão ao mesmo critério.

    OBS: Os associados responsáveis por contratos que ainda estão sendo debitados no contracheque da PREVI não poderão, por ora, fazer parte dessa nova prática.

    2 – Adoção do sistema da Tabela Price na concessão de empréstimos. Por esse sistema, todas as parcelas terão o mesmo valor (com exceção da primeira, que é calculada pro rata), permitindo ao associado maior controle dos seus compromissos financeiros. Pela Tabela Price, as primeiras prestações serão substancialmente inferiores às calculadas pelo sistema SAC, atualmente em vigor.

    3 – Eventuais amortizações e liquidações de empréstimos poderão ser feitas normalmente, entre os dias 20 e 30 de cada mês, lembrando que, no último dia útil do mês, não há liberação de empréstimos.

    4 – Com a finalidade de proporcionar maior tranquilidade aos associados com até 75 anos de idade, a CREDISCOOP passará a operar, em breve, com o seguro prestamista. Esse seguro cobrirá os débitos existentes na Cooperativa, em caso de falecimento do associado. Após a quitação dos empréstimos, o saldo remanescente da indenização, se houver, será destinado ao beneficiário da apólice, previamente indicado pelo associado.

    5 – Essa nova condição do seguro prestamista nos permitirá reavaliar os limites individuais para empréstimos e os prazos para pagamento dos associados enquadrados no grupo segurado, buscando, sempre que possível, proporcionar condições que melhor atendam às suas necessidades.